Blogs
cadastre-se para receber nossos alertas por email





Close
Beyond the Transaction: Every Transaction Has a Story

O que fazer se você está angustiado por causa das dívidas

148288029Você tem mais dívidas do que consegue pagar? Sente que está à beira da falência? Como se livrar das dividas? Explicaremos aqui o que você deve saber sobre insolvencia civil e mais importante, que medidas pode tomar para renegociar dividas e evitá-la.

A insolvencia cívil, é a situação em que uma pessoa (ou empresa) não é mais capaz de pagar suas contas, pois deve mais do que tem. Neste caso, o devedor tem a opção de iniciar um processo judicial para obter uma declaração de insolvencia civil e iniciar uma negociação com os credores para saldar suas dívidas, antes que os credores entrem com uma ação legal para embargar seus bens devido a falta de pagamentos.

Antes de dar este passo, é importante conhecer as consequências da falência:

  1. Suas dívidas não vão desaparecer. Será iniciada uma negociação com seus credores para estabelecer novas condições para o pagamento de suas dívidas. Portanto, sua obrigação de pagar suas dívidas continuará, suas despesas do dia-a-dia também continuarão e, provavelmente, você terá gastos adicionais associados ao processo de insolvencia cívil.
  2. O seu crédito será afetado. A insolvencia civil fica registrada durante um certo número de anos em seu histórico de crédito. Isso afetará sua capacidade de solicitar crédito no futuro.

Por essas razões, você deve esgotar todos os recursos que tiver a seu alcance para evitar a insolvencia cívil. Indicamos, a seguir, alguns links que poderão ajudá-lo:

  1. Ajuda para pagar suas dívidas
  2. Como negociar a redução de uma dívida

Como você pode ver, as consequências de dever mais dinheiro do que você tem são muito sérias. Por isso, lembre-se sempre: o crédito não é um dinheiro extra. É somente uma prorrogação do prazo para o pagamento. Por isso, antes de assumir uma conta, como um cartão de crédito ou um financiamento, você precisa ter certeza absoluta de que terá condições de pagá-la. Assim você não colocará em risco nem os seus bens, nem sua estabilidade financeira.