Blogs
cadastre-se para receber nossos alertas por email





Close
Beyond the Transaction: Every Transaction Has a Story
Compartilhar

O que fazer se você perder seu emprego

Perder seu emprego pode trazer consequências muito sérias começando pelo aumento de suas dívidas. Na maioria das vezes, a perda de um emprego é um fato inesperado, por isso você sempre deve manter economias num fundo de emergência para enfrentar situações como essa.

Dependendo do mercado de trabalho e da estabilidade econômica, pode demorar de 3 a 6 meses até você conseguir um novo emprego. Logo, para evitar um impacto maior sobre suas finanças e qualidade de vida, seu fundo de emergência deve conter economias suficientes para cobrir suas despesas por um mínimo de 3 meses sem salário. Use a planilha de orçamento mensal para determinar a quantia que precisa poupar e dê prioridade à formação de suas reservas.

Siga essas 5 dicas caso aconteça de você perder emprego. Dessa forma suas finanças e objetivos sofrerão o menor impacto possível:

  1. Corte seus gastos. Corte os gastos com lazer, como comer fora, comprar roupas novas, etc. Concentre-se em cobrir suas despesas com as necessidades básicas como aluguel, financiamentos, alimentos, transporte, água e luz.
  2. Priorize o pagamento das contas que tenham valores altos e juros altos. Se você não conseguir pagar suas contas em dia, converse com seus credores e solicite uma renegociação que lhe permita pagar menos enquanto estiver sem emprego.
  3. Se você tiver que aceitar um emprego com salário menor do que o anterior, revise seu orçamento para ajustar seus gastos à sua nova realidade. Faça um plano para quitar de imediato qualquer pagamento que tenha ficado pendente enquanto você estava desempregado.
  4. Evite utilizar crédito. Se usar crédito para pagar por suas necessidades básicas, você estará assumindo mais dívidas justamente no momento em que não tem a certeza de que conseguirá saldá-las.
  5. Não desanime. Perder o emprego é algo a que todos nós estamos sujeitos. Para evitar consequências mais graves é preciso estar preparado e manter uma atitude positiva. Ânimo!