Blogs
cadastre-se para receber nossos alertas por email





Close
Beyond the Transaction: Every Transaction Has a Story
Compartilhar

Camisetas itinerantes em São Paulo

TrabRodrigo de Carvalhoalho com a produção de estampas de camisetas desde 2006, mas nunca imaginei ter meu próprio negócio. Nesta época, vendia algumas camisetas apenas como um complemento de renda e foi só em 2008, quando saí do meu emprego em uma estamparia, que tive a ideia de vender camisetas na Kombi que “herdei” dos meus chefes, já que não tinha condições financeiras de abrir uma loja física. Nesta época, me juntei a um colega e comecei minha própria confecção, a Jovens Ainda, com as vendas já na loja móvel adaptada.

Em 2010 passei a tocar o_MG_5372_edit negócio sozinho e senti falta da formalização da empresa, já que os fornecedores pediam a documentação em dia e os clientes pediam os pagamentos em cartão. Quando a maquininha chegou, minhas vendas aumentaram mais de 40% e isso me estimulou a buscar novidades para meus clientes.

Como sou responsável pela criação das estampas, procuro referências na Internet, nos programas de televisão nacionais e internacionais, novidades na música e ouço o que os jovens, meu público-alvo, buscam. Muitas vezes, meus clientes me informam do último buzz da rede e já pedem a camiseta. Com a formalização, produção independente e venda móvel, consigo produzir e entregar o produto mais rápido do que meus concorrentes, e isso é um diferencial da Jovens Ainda. _MG_5366

Além do aumento das vendas, o valor médio de compra também cresceu – se antes uma pessoa que me via estacionado na rua ou em um evento comprava apenas uma camiseta em dinheiro, no valor de R$ 30, mas com os pagamentos eletrônicos, o gasto dos clientes mais do que dobrou.

Pretendo ampliar meu negócio para as vendas on-line e continuar com as vendas móveis em eventos, nunca esquecendo de levar a minha maquininha de cartão junto!