News Briefs
cadastre-se para receber nossos alertas por email





Close
Welcome to the Engagement Bureau

Coalizão Planeta Priceless se expande e une empresas e consumidores em todo o mundo para preservar o meio ambiente

Os principais especialistas em mudanças climáticas participam do Comitê Consultivo. Parceiros da coalizão lançam ativações para consumidores em todo o mundo para apoiar o plantio de 100 milhões de árvores

 

São Paulo, 20 de outubro de 2020 A atual pandemia ressaltou o quão conectado o mundo se tornou – e que a saúde e o bem-estar do planeta estão profundamente ligados a todos os cidadãos. Como os incêndios florestais assolam muitas partes do mundo, além de vivenciarmos alguns dos eventos climáticos mais extremos já registrados, devemos investir urgentemente em formas inovadoras, inspirando ações coletivas para enfrentar as mudanças climáticas.
Com isso em mente, a Mastercard anunciou hoje a expansão contínua da Coalizão Planeta Priceless, dando as boas-vindas a novos parceiros globais – Archa, Associated Bank, Barclays Bank US, BECU, Berkshire Bank, BMO Financial Group, Charity Charge, Davivienda, Doconomy, DZ BANK, E. & J. Gallo Winery, EedenBull, Emirates NBD, Eurobank, Expo 2020 Dubai, Finix, First Hawaiian Bank, Frank Green, Frontier Airlines, Halkbank AD Skopje,  Hawaiian Airlines, HSBC, Itaú Unibanco, Network International, Produbanco , SchoolsFirst FCU, Scotiabank, SEFCU, Synchrony, Transcard, WESTbahn, and 1derful – bem como a chegada de renomados especialistas ambientais para fazer parte do novo Comitê Consultivo. Os novos participantes se juntam aos outros membros da coalisão: American Airlines, bunq, Citibank, L.L. Bean, the New York Metropolitan Transit Authority, Saks Fifth Avenue, Santander UK, and Transport for London.

 

Lançado em janeiro de 2020, a Coalizão Planeta Priceless une os esforços de consumidores, instituições financeiras, comerciantes e cidades para combater as mudanças climáticas por meio da restauração de 100 milhões de árvores ao longo de cinco anos – juntamente com os especialistas florestais Conservation International (CI) e World Resources Institute (WRI). Em diversas regiões, os parceiros da coalizão estão lançando campanhas para capacitar os consumidores a agir em prol do meio ambiente e apoiar esses esforços de arborização com inovadoras tecnologias de doação.

 

“A Mastercard está empenhada em construir uma economia digital mais inclusiva e sustentável, na qual as pessoas, comunidades e o planeta possam prosperar. Por meio da Coalizão Planeta Priceless, estamos capacitando nossa rede global de parceiros e consumidores – que compartilham nosso compromisso de ser uma força do bem no mundo – para nos unirmos nas ações e criarmos um impacto exponencial em prol do meio ambiente”, disse Jorn Lambert, Chief Digital Officer da Mastercard. “Continuamos a incorporar a sustentabilidade à própria estrutura dos nossos negócios – incluindo nossa estratégia de produtos digitais – à medida que mais consumidores procuram mudar seu comportamento e fazer escolhas conscientes de gastos que sejam melhores para o planeta”.

 

Segundo Márcio Schettini, diretor geral de Varejo do Itaú Unibanco, o projeto Priceless Planet é uma iniciativa que está totalmente alinhada aos compromissos de impacto positivo do Banco, pois educa e empodera os usuários de cartões na tomada de decisão para um consumo mais consciente e sustentável. “Daremos aos nossos clientes a possibilidade de realizar doações que serão revertidas no plantio e na conservação de árvores na Amazônia, região em que o banco vem intensificando sua atuação para apoiar o desenvolvimento sustentável e a preservação da floresta”, complementa o executivo.

Novo Comitê Consultivo

Um recém-nomeado Comitê Consultivo apoiará o desenvolvimento do trabalho da Coalizão Planeta Priceless. Esses especialistas de renome mundial em termos de clima usarão as pesquisas e os dados científicos mais recentes para garantir que a Coalizão Planeta Priceless tenha o maior impacto positivo no clima, tanto globalmente como na comunidade local e na biodiversidade em locais de plantio de árvores. O Comitê Consultivo dá as boas-vindas a Bo Lidegaard, historiador e diplomata dinamarquês que liderou as negociações internacionais sobre mudanças climáticas, ex editor-chefe do jornal dinamarquês Politiken; Todd Stern, ex-Enviado Especial para Mudanças Climáticas e negociador-chefe dos EUA para o Acordo Climático de Paris de 2015; e Izabella Teixeira, ex-Ministra do Meio Ambiente do Brasil e Presidente Adjunta do Painel de Recursos Internacionais da ONU (IRP).
“As soluções naturais, como a restauração florestal, são um meio essencial para enfrentar a crise climática”, disse Izabella Teixeira. “A Coalizão Planeta Priceless nos permite atuar tanto no nível global como no local, abordando a agenda ambiental global, incluindo desmatamento e conservação, bem como capacitando as pessoas a agirem. Juntos, precisamos promover o desenvolvimento que também preserve o meio ambiente”.
“A transição verde está em curso, mas não na velocidade necessária. Como cidadãos, empresas e sociedades, precisamos reduzir mais rápida e profundamente as emissões e, ao mesmo tempo, intensificar os esforços para preservar terras e florestas e aprimorar os sumidouros naturais“, disse Bo Lidegaard. “A Coalização Planeta Priceless busca melhorar a ação de produtores e consumidores, criando visibilidade em torno da pegada de carbono de produtos individuais e de consumo específico – proporcionando a oportunidade de ação imediata para compensar as emissões”.

 

“As mudanças climáticas já chegaram querendo vingança e, para contê-las, precisamos de nada menos que descarbonizar a economia global em apenas três décadas – começando agora – e implantar soluções baseadas na natureza e no uso da terra que possam reduzir as emissões de carbono e absorvê-las naturalmente”, disse Todd Stern. “Podemos fazer o que for necessário, mas somente se a vontade política for mobilizada em todos os níveis, desde líderes governamentais a empresas, sociedade civil e cidadãos comuns. A Coalizão Planeta Priceless ajudará a impulsionar o crescimento curativo das florestas em todo o mundo, ao mesmo tempo que educa e ajuda a mobilizar a ação e o ativismo de empresas e consumidores”.

 

Inspirando escolhas mais sustentáveis de estilo de vida

A missão central da Coalizão Planeta Priceless é capacitar e inspirar os consumidores a agirem contra as mudanças climáticas. A Mastercard continua a desenvolver soluções com consciência ambiental que permitem que mais pessoas adotem um estilo de vida sustentável por meio de suas escolhas em termos de gastos.

  • Uma parceria com a fintech startup sueca Doconomy permite que as pessoas rastreiem, entendam e assumam a responsabilidade de sua pegada ambiental por meio de ferramentas digitais que definam um novo padrão para soluções de pagamento voltadas a um propósito.
  • Para as pessoas interessadas em contribuir com projetos de plantio de árvores e outras causas ambientais, a plataforma de doação da Mastercard e o aplicativo móvel, que estará disponível em breve, permitem doações diretas aos parceiros de arborização da Coalizão Planeta Priceless e arredondar os valores das compras diárias. A Mastercard também oferece uma API web que oferece aos bancos e estabelecimentos comerciais a possibilidade de realizarem doações do titular do cartão em diversos pontos da jornada do consumidor.
  • A Mastercard também está incorporando a coalizão em programas de fidelidade executados em nome de emissores e comerciantes. Por exemplo, a empresa permitirá que os titulares dos cartões resgatem pontos de recompensa com árvores por meio de seu catálogo de presentes e em tempo real, pelo Mastercard Pay with Rewards.
  • Para permitir que os emissores ofereçam cartões feitos de materiais mais sustentáveis, a Mastercard lançou recentemente O Diretório de Materiais Sustentáveis, encorajando a adoção de soluções certificadas como eco-friendly. A Mastercard já aprovou 34 materiais sustentáveis diferentes para cartões, que já foram emitidos por mais de 60 instituições financeiras. A Mastercard continua buscando a diminuição do uso do cloreto de polivinila de primeira utilização (PVC) e pesquisando matérias primas alternativos para os cartões, como materiais reciclados, de origem biológica e biodegradáveis em colaboração com fornecedores líderes por meio de sua liderança na Greener Payments Partnership (GPP).

Locais de plantio de árvores

A Coalizão Planeta Priceless busca reforçar um modelo de restauração que não foca somente no plantio de árvores, mas no reflorestamento em geografias com maior necessidade e potencial para um impacto positivo no clima, na comunidade e na biodiversidade. Guiada pela experiência de nossos parceiros de restauração florestal, a Conservation International e o World Resources Institute, e pelo nosso novo Comitê Consultivo, a Coalizão empregou rigorosas práticas baseadas na ciência para identificar três locais de plantio de árvores para o próximo ano no Quênia, no Brasil e na Austrália. Além desses projetos iniciais, o portfólio de projetos será expandido para incluir outros locais que atendam aos critérios estabelecidos.

 

A pegada ambiental da própria Mastercard
No início deste ano, a Mastercard foi a primeira no setor de pagamentos a receber a aprovação da Science Based Targets initiative (SBTi) para uma meta de emissões atualizada, que se alinha a uma trajetória climática de 1,5 graus Celsius. A empresa também entrou para a RE100, formalizando o compromisso de continuar usando energia 100% renovável em todas as suas operações globais.

 

Para saber mais sobre a Coalizão Planeta Priceless, visite PricelessPlanet.org e siga-nos nas mídias sociais #pricelessplanet.

 

Destaques regionais

 

América Latina e Caribe: Na América Latina, Davivienda, Itaú Unibanco, and Produbanco (Promerica Group) entrarão para a coalizão, expandindo ainda mais sua longa história de esforços de sustentabilidade ambiental na Colômbia, Brasil e Equador, respectivamente. Presente em todo o Caribe, o Scotiabank entra como parceiro líder na região.