News Briefs
cadastre-se para receber nossos alertas por email





Close
Welcome to the Engagement Bureau

Mais da metade dos brasileiros mudaram seus hábitos de pagamento por causa da Covid-19, indica Mastercard

Pesquisa realizada pela Mastercard também revelou que 50% dos entrevistados acreditam que o uso de novas tecnologias cresceu durante o período de distanciamento social

São Paulo, 28 de julho de 2020 – A pandemia da Covid-19 trouxe inúmeras mudanças para os consumidores, que tiveram que adaptar suas rotinas e mudar alguns de seus hábitos, incluindo a forma de pagar por suas compras. Segundo levantamento realizado pela Mastercard em parceria com a Kantar, 56% dos brasileiros entrevistados afirmaram ter mudado o comportamento de pagamento devido à pandemia.

Cerca de 75% dos entrevistados afirmaram ter aumentado o uso de pagamentos digitais devido ao distanciamento social desde o início da pandemia, enquanto 61% afirmaram ter testado um novo tipo de pagamento (por aproximação ou digital) nos últimos meses.

A pesquisa também revelou que para 50% dos entrevistados, a pandemia fez com que seu uso de novas tecnologias crescesse consideravelmente, enquanto apenas 23% acreditam que o uso está igual ao que era antes. Enquanto 53% dos brasileiros afirmam efetuar pagamentos por meio de aplicativos regularmente, 8% dos entrevistados começaram a fazer esse tipo de pagamento por causa do distanciamento social.

Nos últimos três meses, as operações financeiras, como transferências e pagamentos de contas, foram realizadas preferencialmente online utilizando um aplicativo de serviços financeiros no celular ou tablet. Neste período, 72% dos entrevistados realizaram transferências dessa forma. Além disso, 68% dos respondentes pagaram as suas contas utilizando um aplicativo, enquanto 18% utilizaram caixa eletrônico e apenas 11% pagaram na boca do caixa. Quase 75% dos respondentes checaram o balanço da conta usando um app de serviços financeiros, enquanto apenas 19% utilizaram um caixa eletrônico para isso.

Pagamentos em tempo real
A pesquisa relevou ainda o interesse do brasileiro por pagamentos em tempo real – modalidade que permite transações ininterruptas, disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana e 365 dias do ano com disponibilização dos fundos em tempo real.

Cerca de 75% dos entrevistados gostariam de poder fazer pagamentos em tempo real independentemente do provedor de serviços financeiros, enquanto 53% gostariam de realizar esse tipo de pagamento usando aplicativos de mensagens ou mídias sociais.

Para João Pedro Paro Neto, Presidente da Mastercard Brasil e Cone Sul, “os brasileiros desejam incluir essa modalidade de pagamento em suas vidas e esperam que as instituições financeiras trabalhem para que essa seja uma realidade no futuro próximo. Até 2030, 55% dos entrevistados esperam que todas as transações financeiras sejam realizadas em tempo real, ou seja, instantaneamente. Para que isso seja possível, devemos seguir trabalhando no desenvolvimento de soluções interoperáveis, e de padrões focados na eficiência e na experiência do usuário”, ressalta o executivo.

Pagamentos móveis
O levantamento ainda mostrou o quanto o brasileiro está aberto para novas tecnologias. Cerca de 60% dos entrevistados concordam que novas tecnologias simplificam a vida. Eles também valorizam o controle oferecido pelos pagamentos por dispositivos móveis. Mais de 80% dos respondentes acreditam que a transferência e confirmação imediatas são um dos benefícios mais importantes desse método de pagamento, enquanto 48% destacam a facilidade do em qualquer lugar e 40% afirmam que as plataformas móveis oferecem uma importante alternativa nos momentos em que não estão com a carteira física.

Segundo o levantamento, a barreira mais relevante para a realização de pagamentos com dispositivo móvel é a taxa de aceitação, 47% afirmaram que “não existem lojas suficientes que aceitam pagamentos com dispositivos móveis”. Outros obstáculos significativos ao uso de pagamentos com dispositivos móveis são principalmente questões relacionadas ao dispositivo: 52% estavam preocupados com o que aconteceria se perdessem o telefone e 41% afirmaram que a duração da bateria poderia ser uma barreira potencial para o uso. Apenas 7% afirmaram achar essa forma de pagamento complicada de configurar.

Os resultados revelam que o Brasil é um terreno fértil para a evolução dos pagamentos digitais. “Conveniência e segurança foram destacados como principais razões que levariam os consumidores brasileiros a experimentar uma nova forma de pagamento. Na Mastercard, seguiremos trabalhando para desenvolver soluções inovadoras e garantir experiências de compra cada vez mais simples e seguras, que atendam às necessidades dos consumidores, empresas e governos na área de meios de pagamento”, finaliza João Pedro.

Sobre a pesquisa
As entrevistas online foram conduzidas pela Kantar, por solicitação da Mastercard, entre os dias 26 e 30 de maio com 508 consumidores brasileiros bancarizados de todas as regiões do país e portadores de smartphone.

Sobre Mastercard
A Mastercard é uma empresa global de tecnologia do setor de pagamentos. Nossa missão é conectar e impulsionar uma economia digital inclusiva que beneficie a todos, em todos os lugares, tornando as transações seguras, simples, inteligentes e acessíveis. Usando dados e redes seguras, parcerias e paixão, as nossas inovações e soluções ajudam indivíduos, instituições financeiras, governos e empresas a alcançar seu maior potencial. Nosso quociente de decência, ou DQ, impulsiona a nossa cultura e tudo o que fazemos dentro e fora de nossa empresa. Com conexões em mais de 210 países e territórios, estamos construindo um mundo sustentável que abre possibilidades Priceless para todos.

Informações para a imprensa:
JeffreyGroup Brasil
Lilian Cunha/Michelle Rodrigues/Giovana Antonelli/Gustavo Neubauer
+55 (11) 3185-0821/3185-0868 – mastercard@jeffreygroup.com