Durante o período de isolamento social, as transações digitais tendem a aumentar. O que muitos consumidores desconhecem, no entanto, é a possibilidade de efetuar o pagamento de alguns serviços com o cartão vinculado à conta corrente

 
São Paulo, 03 de junho de 2020 – De acordo com os últimos dados da ABECS (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), 78% das compras online no Brasil são realizadas com um cartão de crédito. O cartão de débito, porém, ainda representa uma fatia muito pequena, com apenas 6,5%.

Esse número mais baixo se deve ao fato de que muitos consumidores não sabem que podem utilizar o débito no ambiente online, além de terem receio de incluir um cartão vinculado à sua conta corrente. Porém, a indústria dos meios de pagamento vem trabalhando para que o débito online seja tão seguro quanto o crédito.

Com isso, o portador do cartão tem a facilidade de usar o cartão de débito nos principais merchants online, inclusive em compras de pagamento recorrente, como nos aplicativos de transporte, e de comida, com tranquilidade, segurança e controle imediato dos gastos.

O débito online é eficiente e conveniente não só para o consumidor, mas também para o lojista: ao aceitar essa modalidade em sua plataforma de vendas, a Mastercard estima que o estabelecimento aumente, em média, 18% o volume de transações do que aceitando apenas a função crédito. Em alguns casos, esse valor pode chegar até 30% de volume extra.

Isso porque mais de 38 milhões de pessoas possuem apenas cartão de débito e cerca de 20 milhões possuem cartões múltiplos em que o crédito não está ativo. Por isso, a ampla utilização do débito online permitirá que mais de 58 milhões de cartões tenham a possibilidade de realizar compras no ambiente digital
.
Atualmente, aceitam o débito online as plataformas Uber, iFood, Spotify, Netflix, 99 e RecargaPay. Via carteiras digitais, como Google Pay e Samsung Pay, o usuário pode efetuar compras com cartões débito na Rappi e iFood.

Segurança nas transações
Para garantir a segurança nas transações de débito online, a Mastercard passou a adotar padrões internacionais relacionados a protocolos de autenticação. Entre eles, o EMV 3DS e a tokenização.

Essas camadas de segurança adicionais buscam elevar a taxa de aprovação da compra online para o nível dos pagamentos presenciais, com índices em torno de 95%.Medidas como essas evitam o ataque de cibercriminosos e garantem uma experiência de compra mais segura e conveniente para o consumidor. Esse conjunto de ações fazem parte do plano Digital Security Roadmap, desenvolvido pela Mastercard para garantir um ambiente online tão seguro quanto o físico.

Sobre Mastercard
A Mastercard é uma empresa global de tecnologia do setor de pagamentos. Nossa missão é conectar e impulsionar uma economia digital inclusiva que beneficie a todos, em todos os lugares, tornando as transações seguras, simples, inteligentes e acessíveis. Usando dados e redes seguras, parcerias e paixão, as nossas inovações e soluções ajudam indivíduos, instituições financeiras, governos e empresas a alcançar seu maior potencial. Nosso quociente de decência, ou DQ, impulsiona a nossa cultura e tudo o que fazemos dentro e fora de nossa empresa. Com conexões em mais de 210 países e territórios, estamos construindo um mundo sustentável que abre possibilidades Priceless para todos.

Informações para a imprensa:
JeffreyGroup Brasil
Lilian Cunha/Michelle Rodrigues/Giovana Antonelli/Gustavo Neubauer
+55 (11) 3185-0821/3185-0868 – mastercard@jeffreygroup.com