A empresa renova o patrocínio da CONMEBOL Copa América pela 12ª edição consecutiva e torna-se patrocinadora pela primeira vez da CONMEBOL Copa Libertadores

São Paulo, 27 de fevereiro de 2019 – A Mastercard, a maior patrocinadora do futebol internacional há mais de 30 anos, anunciou hoje a assinatura de um contrato com a Confederação Sul-Americana de Futebol, CONMEBOL, para ser a Parceira Oficial de Serviços de Pagamentos e Marca de Pagamentos por Aproximação da CONMEBOL Copa América Brasil 2019 e da CONMEBOL Libertadores 2019. Com os novos contratos, a Mastercard renova o patrocínio da CONMEBOL Copa América pela 12ª edição consecutiva e torna-se pela primeira vez patrocinadora da CONMEBOL Libertadores até 2022.

Como a Marca Oficial de Pagamentos por Aproximação dos dois campeonatos, a Mastercard consolida seu compromisso de oferecer aos consumidores formas simples e seguras de pagar por tudo que é importante, como o futebol. Desde a compra de ingressos até o pagamento de corridas de táxi até o estádio e dos lanches comprados nos quiosques, a Mastercard trabalhará com seus parceiros para trazer experiências de pagamenstos por aproximação aos torcedores, garantindo que eles passem menos tempo pagando por coisas e mais tempo aproveitando os jogos.

Os consumidores que realizam pagamentos por aproximação amam a tecnologia porque proporciona tranquilidade e economiza tempo – são 10 vezes mais rápidos do que pagar com os métodos tradicionais. Os proprietários de lojas economizam milhares de horas na finalização das compras e reduzem os custos operacionais, tornando os pagamentos por aproximação a tecnologia perfeita para as pessoas que querem desfrutar do futebol.

“Como defensores de longa data do futebol, o esporte mais amado da América Latina, estamos empolgados em acrescentar a CONMEBOL Copa América e a CONMEBOL Libertadores à nossa lista de principais patrocínios de futebol, que incluem a Seleção Brasileira, a Champions League e os embaixadores Lionel Messi, Neymar e Javier Zanetti”, disse Carlo Enrico, Presidente da Mastercard para a América Latina e Caribe. “Essa poderosa combinação do melhor futebol da América do Sul nos permitirá trazer experiências de pagamentos “Priceless” para os fãs e avançar os esforços em direção a um mundo além do dinheiro”.

Como patrocinadora dos dois campeonatos, a Mastercard terá os seguintes direitos:

  • Exclusividade no setor de serviços de pagamentos eletrônicos, incluindo a Marca Oficial de Pagamentos por Aproximação;
  • Direitos globais de usar o nome e a marca do torneio;
  • A capacidade de trabalhar com nossos parceiros para oferecer benefícios e experiências exclusivos aos portadores de cartões Mastercard;
  • Direitos sobre os troféus de ambos os torneios;
  • Direitos sobre os “Player Escorts” oferecendo a experiência aos clientes e portadores de cartões da Mastercard (somente para a Copa América)

“A Mastercard tem uma tradição estabelecida nos esportes, com uma atitude que procura constantemente conquistar novos desafios, assim como uma busca permanente para melhorar a experiência em pagamentos para os fãs do futebol. Temos o prazer de anunciar esta parceria para a CONMEBOL Copa América Brasil 2019 e a CONMEBOL Libertadores, duas de nossas maiores competições que inspiram a América do Sul há décadas com valores como trabalho em equipe, autoconfiança e espírito de luta”, disse o Secretário Geral da CONMEBOL José Astigarraga.

***

Sobre Mastercard

MasterCard (NYSE: MA), www.mastercard.com, é uma empresa de tecnologia do setor global de pagamentos. Operamos a rede de processamento de pagamentos mais rápida do mundo, conectando consumidores, instituições financeiras, comerciantes, governos e empresas em mais de 210 países e territórios. Os produtos e soluções da Mastercard tornam as atividades diárias do comércio – como fazer compras, viajar, administrar uma empresa e gerenciar finanças – mais fáceis, mais seguras e mais eficientes para todos. Siga-nos no Twitter @MasterCardNews, participe da discussão no blog Cashless Pioneers e se inscreva para as últimas notícias no Engagement Bureau.

Sobre CONMEBOL Copa America

A Copa América, disputada pela primeira vez em 1916, é o campeonato de seleções nacionais mais antigo do mundo e conta com três das seleções vencedoras da história do futebol: Argentina, Brasil e Uruguai, que conquistaram 9 das 20 Copas do Mundo e 36 das 42 Copas América. Alguns dos maiores jogadores da história do futebol mostraram seu talento na CONMEBOL Copa América, como Maradona e Messi (ARG); Pelé, Ronaldo e Neymar (BRA); Figueroa (CHI); Valderrama (COL); Romerito (PAR); Cubillas (PER); Rocha (URU), Forlan (URU) e Suárez (URU). A CONMEBOL Copa América 2019, a 46ª edição do torneio, será realizada em cinco cidades brasileiras de 14 de junho a 7 de julho. As seleções da Argentina, Bolívia, Brasil, Colombia, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e duas convidadas da Ásia (Japão e Qatar) participarão do torneio.

Sobre CONMEBOL Libertadores

A CONMEBOL Libertadores é a mais prestigiosa competição de clubes de futebol da América do Sul. Desde 1960, quando era conhecida como “Copa de Campeones de America”, este torneio continental é disputado anualmente entre os principais clubes profissionais de futebol masculino da América do Sul. Hoje, o torneio de um ano de duração é disputado de fevereiro a novembro entre 47 times masculinos de clubes profissionais, que se classificam anualmente com base em seu desempenho nas federações nacionais de cada uma das 10 Associações Membros da CONMEBOL: Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. Tradicionalmente, o campeão da CONMEBOL Libertadores competiria com o vencedor da Liga dos Campeões da UEFA pelo Intercontinental Club, para se tornar o que é oficialmente reconhecido pela FIFA como “Club World Champion”. Durante essa acirrada rivalidade, que aconteceu de 1960 a 2004, os vencedores da CONMEBOL Libertadores conquistaram o “Club World Champion Status” em 22 ocasiões, em comparação com os 21 campeonatos mundiais da UEFA. Desde 2005, o vencedor da CONMEBOL Libertadores representa a América do Sul na Copa do Mundo de Clubes da FIFA.